29 agosto 2010

BLOGUE NO JARDIM - 1

http://www.youtube.com/watch?v=DB6G9vfpfrs




Por: Alan Carline
Bia Pupin
Marco A. de Araújo Bueno


http://www.youtube.com/watch?v=DB6G9vfpfrs


Blog no Jardim





"CELEBRAÇÃO DO RISO" [Uma ilustração do epicurismo] "(...) De todas as partes vinha gente para rir, quando ele contava, e a multidão se amontoava. (...) E de tudo o que José Luis aprendeu de seu pai, isso foi o principal: - O importante é rir - ensinou-lhe o velho. - E rir juntos”

{In 'O Livro dos Abraços', Galeano, Eduardo; Porto Alegre -L&PM, 2009; Trad- Eric Nepomuceno; p.215}


Esse coletivo virtual realizou seu primeiro encontro interpessoal, que ocorreu no Céu Aberto*, na tentativa de promover suas ações, e integrar a discussão literária na cidade de Campinas.
Esse primeiro evento consistiu em promover um encontro- entre aqueles que dividem suas ideias com aqueles que se motivaram em discutir literatura virtual em torno de uma deliciosa salada.

A influência Epicurista

O prazer e a felicidade são certamente os critérios condutores do ser humano. O problema está em definir qual o verdadeiro prazer e como aperfeiçoar o bem estar pessoal.
A escola de Epicuro era semelhante a uma casa de cura, tranqüila e simples que acolhia a todos sem distinção na busca de bem-estar, saudando a vida: doce, feliz e digna de ser vivida.


Através dessa influência surgiu a ideia do Blog Coletivo Chaleira em promover um evento que pudesse satisfazer àqueles que gostariam de conviver com um cenário de atividades culturais, e pudessem compartilhar da necessária aproximação e reconhecimento intersubjetivo. Ou seja, um simples e desejado encontro, na acepção deleuziana desta palavra.



*Sobre o espaço que acolheu nosso projeto:

O céu aberto é um espaço de relacionamento, uma comunidade de ação e aprendizado, que busca criar na relação consigo, com o outro e com o planeta. Um novo jeito de se estar juntos; em ‘encontro’.


O Blogue E-Chaleira agradece a presença de seus convidados.

ÁUDIO: MINIMALISMO PROGRESSIVO {Alan Carline- composição e piano}
[Segunda-feira- 30 de agosto - também]

2 comentários:

Cecilia disse...

Me explica qual é a acepção deleuziana da palavra 'encontro'?

Marco A.de Araújo Bueno disse...

Como tudo em Deleuze, a coisa é densa e requer um desenvolvimento de tipo ensaístico. A patir da próxima terça-feira, em minha coluna Brevidades,inaururo uma seção Breves Ensaios com uma leitura lacaniana da ficção de M.Ende - 'A História Sem Fim'.Por enquanto, recomendo procurar tal categoria na fala do psicanalista Daniel Lins, que a TV Cultura mantém em arquivo no site dela.
{S}

Related Posts with Thumbnails