17 maio 2011

INDRISO AO AMOR PARENTAL

{FESTINA LENTE}

Indriso ao Amor Parental


Por Marco A. de Araújo Bueno


Baixou o bonezinho e os olhos
Depois calou-se, em desapego;
Suspendeu contato e identidade.

Então um rio agitado passou entre nós.

De que matéria é feita a origem...a matriz...
Voz solenezinha - 'Não sabemos se você é o meu pai'.
Subiu uns olhos; amarrotou o boné. Suspirou...

Então o rio estagnado virou espelho d'água.

10 comentários:

Marco A.de Araújo Bueno disse...

Isidro Iturat, criador da modalidade poética Indriso: O INDRISO é formado por 2 tercetos e 2 monósticos, num total, portanto, de 08 versos, com métrica e rimas livres. Mais informações sobre o indriso no site: http://www.indrisos.com/

Anônimo disse...

Olá, Marco Antônio!

Muito obrigado por mostrar o seu belo poema. E já te adicionei ao grupo Indrisos. Seja muito bem-vindo!

Isidro Iturat

Marco A.de Araújo Bueno disse...

{Colunista Vitor Queiroz, por e-mail}:
, gostei muito do seu indriso. Mas acho que o terceiro verso dá um brequezinho na sonoridade do todo, foi proposital? Talvez a impressão seja causada pela elisão de uma categoria sintática "suspendeu contato", por "suspendeu [artigo] contato". Tenho que me acostumar ainda...
'Subiu uns olhos' e o último verso são achados. Parabéns!

Erica disse...

Oi, gostaria de falar com o Marco. Podem me passar o telefone dele? Abraço!!!
Érica
erica@oficioeditorial.com.br

Isidro Iturat disse...

Olá, Marco,

Além da originalidade das imagens evocadas no poema, achei muito interessante a modalidade de indriso que você utilizou, o indriso de duas sístoles (3-1-3-1), que apenas agora está começando a ser explorada por alguns autores.

Um abraço e muito sucesso.

Anônimo disse...

Lilly Falcão - maio de 2011 05:00

Soneto que só neto ainda vai ler e recitar: não está bom, nem mal, está simplesmente p.e.r.f.e.i.t.o! E digo isso com um ribeiro d'água nos olhos pela imensidão de Poesia maiúscula que há nele! De uma lindura ímpar!
Estarei sempre aqui. E quanto ao Soneto, nunca vi tão lindo na vida que meus olhos viveram até hoje! E olha que sou uma devoradora de poemas!!! LINDO, CACO, LINDO!

Marco A.de Araújo Bueno disse...

André Rocha Cândido Cretchu Diferente na forma que estou acostumado, mas ótimo. E o tema é maravilhoso.

[Pelo Grupo de Poemas Modalidade Indrisos - Facebook

Marco A.de Araújo Bueno disse...

Os colunistas De Chaleira somos, de fato, uns pulhas mentecptos, energúmenos, biltres e,sobre cônscios de o tempo seja algo sobre o que não possamos discorrer, agora, com tamanha literodiversidade. Locipletemo-nos, todos, em vitupério, pois!Providenciamos um ombudsman-poeta, que porá a casa em anarquia.

Marco A.de Araújo Bueno disse...

Tim Burton, soube pelo Álvaro, colunista daí - na voz de Vincent Price; um poema gótico que ofereci ao meu filho Rodrigo Motta Bueno, na esteira desse Indriso ao Amor Parental.

Anônimo disse...

Precisão formal e lirismo escaldante, - Parabéns, Marco!

Related Posts with Thumbnails