16 março 2013

ESTAÇÃO

                                                          Por: Paola Benevides
train

No vagão do trem
ficou a vaga impressão 
de que perdeu a parada.




3 comentários:

Marco Antônio de Araújo Bueno disse...

Eu acho que tu fez foi um belíssimo Haicai, meu amor! Que me corrija o nosso Alvaro Posselt ou o Rafa Noris.
Eu adorei!

Paola Benevides disse...

Então valeu, Caco de faro fino e tino no trato! :-)

Rafael Noris disse...

Eu não chamaria de haicai. Mas de fato é um belo poema, com uma imagem que nos leva a sentir o aperto dessa vaga impressão. Dói... E adorei o jogo de palavras de vaga e vagão ^^

Related Posts with Thumbnails