15 abril 2010

O Zeca Urubu


Por Marcelo Finholdt

Dedicado – carinhosamente –
ao amigo Wilson Flaviano Osti,
vulgo Zeca Ububu.


O Zeca Urubu
É um cara escolado,
No bar do Caju
Só fica de lado:

Convence as meninas,
Engana os amigos,
Co’a prosa ele ensina
Que nada é perigo.

Na porta da igreja
Uma obra bem vasta,
Com sono boceja,
Trabalho já basta...

Cabelo já traz,
Só pra ele um presente,
O tal quase jaz,
Cravando seu dente!

Ao sol, na piscina
Só fica de molho,
Na vista há neblina,
No treze um repolho...

Repolho curtido
Com cana caiana
E o Zeca é metido,
Pois nunca se engana!

Uns dizem que o Zeca
É um cara sacana,
Amigo que peca?
De fato um bacana!

Um comentário:

Wilson F. Osti disse...

Saudade do Caju... E da igreja tb!!!

Related Posts with Thumbnails