26 setembro 2011

HOMERO NO MÍNIMO

Por Guilherme Salla



Sabe aquele
poema longo,
derramado
e caudaloso,
extenso
e demorado,
feito leito
fluvial
encharcado
de alma e coração?
Não.


.

Um comentário:

Related Posts with Thumbnails