03 agosto 2012

EPITÁFIO


Epitáfio


No dia em que partir
Quero que seja definitivo!

Novas encadernações apenas se forem garantidas as páginas com  ...
As amizades com ;
. apenas no ódio e na desilusão.

No dia em que meu corpo se estilhaçar
Quero um milésimo de silêncio – e  nenhum mais
Seguido de beijos mil
Assim todos saberão - do que provei e o que perdi!
Seria possível que houvesse tantos beijos quanto abraços ternos

Ao anoitecer não me procurem nas estrelas
Não estarei lá!
Estarei trabalhando em favor dos nãos que recebi
Quanto aos sins, foram recíprocos.

Queria poder dizer que disse sim a tod@s.
Infelizmente
não foi possível.

2 comentários:

Rosana disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Marco A.de Araújo Bueno disse...

Poseidon, nome de um texto ficcional da autora Paula Miasato, escrito quase que concomitante a este 'Vaga', em lugares distintos está no blogue da autora e no meu Festina Lente. Trata-se de um caso feliz de sincronicidade e/ou complementariedade na mais casual sintonia. A estrutura formal é quase idêntica!

Related Posts with Thumbnails