04 agosto 2012

RECICLE UM FILME


Recentemente descobri uma nova modalidade de filmes, os fanedits, http://fanedit.org/, reedições de filmes famosos que desapontaram os fâs, ou até dos que não, para aqueles que só queriam ver como ficava de outra maneira. Modalidade popularizada pelo horror e trauma causado pelo prequel de Guerra nas Estrelas, que rendeu dezenas de reedições.

A questão dos fanedits é simples, por que jogar fora o que você mesmo pode consertar. Muitas ótimas idéias podem ser destruidas pelos próprios diretores, ou como é de praxe pelos produtores. Produzimos milhões de horas de material audio-visual que podem ser materia-prima para muitas novas possibilidades.

Do que assisti: uma reedição do filme True Romance, primeiro filme com roteiro do Quentin Tarantino, que foi bagunçado pelo diretor contratado e pelos produtores. Nessa versão, o filme segue minuciosamente o roteiro de Tarantino, e temos um filme muito melhor, como deveria ter sido, um filme que nunca seria lançado de outra forma. Vi duas reedições que combinavam as duas continuações do Matrix - meu trauma pessoal. Uma tira toda trama de Zion, outra reestrutura tudo numa nova versão. Nenhuma conseguiu salvar o que colocar dinheiro demais nas mãos dos irmãos Wachowskis estragou. Porém, também encontrei uma versão de 1 minuto e meio, que é perfeita. http://youtu.be/zXETAXXv7xE

Assisti também uma reedição dos três filmes de X-Men num só de 2 horas. O que também não salvou a falta de tato do Bryan Singer em saber desenvolver mais de 3 personagens numa história de 10, nem o fosso do terceiro.

E, por fim, uma reedição separando o Labirinto do Fauno em dois. Vi esse filme anos atrás no cinema, e sai de lá pensando "Uau, se eles não tivessem enfiado uma história clichê barata de guerra civil espanhola no meio da parte interessante do fauno, esse seria um ótimo filme!" Finalmente há essa versão perfeita.
Não cheguei a assistir, mas também li sobre séries de tv reeditadas como filmes, com todo tipo de trama tapa buraco jogada fora.

Imaginem agora as possibilidades dessas reedições caso a prática fosse mais difundida, caso não fossem as restrições impostas por leis de direitos autorais corruptas impostas por produtoras.

Um comentário:

Mina Cara disse...

A ideia é boa, mas seria mesmo necessária?

Fui pela imagem do Godfather achando que ia falar sobre ele.

Legal...

Related Posts with Thumbnails